A espera de protocolo, escolas não sabem quando e como voltam as aulas presenciais

Instituições de ensino de todo o país aguardam a definição de procedimentos a serem adotados para o retorno seguro às aulas presenciais. Enquanto o Ministério da Educação – que na maioria dos países é o responsável por estabelecer o protocolo de procedimentos – não apresenta diretrizes para o reinício, secretarias estaduais e municipais criam seus próprios critérios.

Segundo apuração da agência de notícias Jota, na maior parte dos estados, a suspensão das aulas vai até 30 de junho, de acordo com as normativas estaduais, mas o retorno ainda é incerto. A maioria tem sinalizado que o retorno às atividades educativas presenciais será gradual, começando por universidades e alunos do ensino médio.

Espírito Santo, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Maranhão, Amapá, Pará, Rondônia e Mato Grosso podem retornar as aulas em julho, mas ainda não definiram um plano para tal. Em Goiás, Tocantins e Amazonas, a suspensão é até o m de julho. E os governadores de Minas Gerais, Bahia e Distrito Federal, Ceará ainda não definiram datas para a volta das atividades presenciais nos estados.

No Rio Grande do Sul, o retorno gradual das atividades de ensino, estabelecido em cinco etapas, teve início no dia 15 de junho, apenas par cursos livres, apenas para cursos livres, técnicos e de Ensino Superior que exigem atividades práticas e laboratoriais. A previsão é que até o dia 1º de julho os demais níveis de ensino estejam funcionando presencialmente.

Já o município do Rio de Janeiro as aulas presenciais devem voltar parcialmente nas escolas e creches das redes de ensino municipal e privada no dia 2 de julho. As creches serão abertas para crianças a partir de 2 anos que tenham a comprovação de que os pais estejam trabalhando. As escolas municipais e privadas serão abertas para alunos do 5o ao 9o anos.

A criação de um protocolo que possa nortear as instituições de ensino no Brasil será discutida nowebinar internacional Enfrentamento à covid-19: horizontes da educação, para o qual você pode se inscrever aqui.

 

Posts relacionados

Remodal